Get Adobe Flash player

Uma motocarreata marcou o encerramento da campanha “Maio Amarelo” em Pedreiras, na última sexta-feira (31/05). Uma parceria da 7ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) e Prefeitura de Pedreiras por meio da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito realizou ações educativas e palestras durante todo o mês para vários públicos chamando a atenção para os cuidados com o trânsito. A mobilização saiu de Pedreiras, da entrada da cidade (Santinha), percorreu as principais avenidas, seguiu até o  Trizidela do Vale e depois retornou à Pedreiras, com encerramento na Praça do Jardim.

O Maio Amarelo surgiu como uma campanha criada em 2014 pelo Observatório Nacional de Segurança Viária e hoje está inserido em todos os estados brasileiros. A cor amarela, utilizada na campanha, simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito.

Estima-se que, anualmente, quase 40 mil brasileiros perdem a vida em acidentes. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, o Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em morte no trânsito.

O diretor do DETRAN, José Roberto, explica mais sobre o propósito da campanha. “Visa a conscientização sobre o trânsito e tem alcançado seus objetivos, o Maranhão reduziu em 40% o número de pessoas que dão entrada nos hospitais vítimas de acidentes de trânsito, então as pessoas estão ficando mais conscientes com as nossas campanhas”, afirmou.

Rodrigo Assaiante, secretário Municipal de Segurança e Trânsito fala sobre as ações que o município vem desenvolvendo em busca de melhorias para o trânsito da cidade. “Essa campanha é uma parceria com a 7ª Ciretran levando ações educativas e palestras em escolas. Onde nos chamaram nós fomos e levamos nosso recado. As campanhas são voltadas para a conscientização dos condutores e o ensinamento às crianças, pois sabemos que os filhos influenciam as atitudes dos pais no trânsito”, disse.

O secretário ainda se reportou às mudanças que estão acontecendo no trânsito do centro de Pedreiras, conclamando a todos para colaborarem e assim melhorar o fluxo. “A população precisa ter a consciência que no trânsito há regras a serem obedecidas, e quando as pessoas não obedecem estão colocando em risco a sua vida e de outras pessoas, pois qualquer descuido ou um pequeno erro pode se transformar numa grande tragédia”, finalizou.

Além da 7ª Ciretran e da Prefeitura de Pedreiras/Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito,  também participaram a Secretaria de Segurança e Trânsito de Trizidela do Vale, Corpo de Bombeiros com o apoio de empresas e instituições.

 

 

Login