Get Adobe Flash player

 

Ouvir a voz feminina juvenil de Pedreiras, seus anseios, demandas sociais e suas angústias, de forma a fomentar políticas públicas mais eficazes para a proteção e o desenvolvimento da mulher em todos os sentidos. Nesta perspectiva foi realizada nesta quarta-feira (27/09), a I Conferência Livre de Saúde das Meninas, na, Câmara Municipal, numa realização da Prefeitura de Pedreiras por meio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres.

A Câmara Municipal de Pedreiras estava lotada, de meninas vindas das comunidades zona rural e também da sede, para discutir e elaborar propostas de políticas públicas, que venham a contribuir para a realização de ações futuras em prol das mulheres/meninas maranhenses. Na oportunidade foram abordados temas como saúde, direitos e futuro, com palestra proferida pela representante da Secretaria de Estado da Mulher, Marilde Silva.

A I Conferência Livre de Saúde das Meninas, contou com a participação da menina Maria Alice Borges, representante das meninas do Maranhão na II Conferência Estadual de Saúde das Mulheres, realizada em agosto deste ano, em Brasília. “Estou aqui para participar e ensinar para as meninas que ainda há esperanças de que os homens possam acreditar que não somos material para se usar e jogar fora, mas que precisamos de cuidados. Somos o futuro do Brasil e precisamos nos capacitar para o amanhã, e nestas conferências estamos semeando a esperança numa sociedade ainda bastante machista. Na conferência nacional, pude discutir todos os nossos interesses para que o Brasil mude este conceito e todas as mulheres sejam reconhecidas e respeitadas”, disse.

A aluna da Escola Benilde Nina, do povoado Alto de Areia, Rafaela Antunes participou e comentou sobre a conferência. “Estou aqui para aprender. Aprender mais e dialogar com outras meninas. A conferência deve fazer a sociedade compreender que temos voz e precisamos de respeito”, afirmou.

“Este ano foi das conferências de saúde das mulheres, e agora estamos com a esta, que é das meninas, para escutar o que elas pensam em relação à saúde, acesso à justiça, aos serviços públicos, e deliberar sobre os encaminhamentos de acordo com os anseios de cada menina na sede e na zona rural. As propostas serão encaminhadas para o Gabinete do Prefeito e para a Secretaria de estado da Mulher, para delinearmos as políticas públicas para as mulheres, e especificamente para as meninas”, esclareceu Janne Glêb, secretária Municipal da Mulher.

Para esta ação, a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres contou com o apoio da Secretaria de Estado da Mulher; Secretarias Municipais de Saúde, Educação, Juventude, Agricultura; Conselho Tutelar; Tiro de Guerra 08-008 de Pedreiras.

Estiveram presentes os secretários Municipais Janne Glêb (Mulher), Karen Cynthia (Saúde), Phelipe Figueiredo (Juventude), Socorro Rios (Assistência Social), Raimundo Nonato “Natinho” (Esportes); a presidente da Fundação Pedreirense de Cultura e Turismo, Francinete Braga, a gestora Regional de Saúde, Valdete Cruz, a coordenadora de Educação da Zona Rural, Enísia Ribeiro, o coordenador do Conselho Tutelar, Ary Almeida, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Margarete Vieira, o secretário adjunto de Articulação Política, Francisco Rogério, além de representantes de igrejas, sociedade civil e  estudantes da sede e zona rural.

 

 

Login